Fusões e Aquisições no Brasil - Junho

 

No primeiro semestre foram anunciadas 300 transações, 5% acima do volume registrado no mesmo período de 2016

 

 

Com 58 transações anunciadas, junho apresentou um crescimento de 35% quando comparado ao mesmo período de 2016 (43 transações). 

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

 

Comparativo de transações em junho

 

 

Região Sudeste

No ano de 2017, a região Sudeste representa o interesse do investidor em 71% nos negócios anunciados (213 transações). No mesmo período de 2016 foram registradas 183 transações.  

No mês de junho foram anunciadas 40 transações no Sudeste, crescimento de 38% em comparação ao mesmo período do ano passado (2016 - 29 transações).

O Estado de São Paulo lidera com 54% das transações pactuadas entre janeiro e junho, representado por 163 transações (2016 - 139 transações), sendo 131 negociações em São Paulo Capital e 32 transações em regiões no interior de São Paulo.

Na região Sul foram efetuadas 35 negociações, 17% inferior ao mesmo período de 2016 (42 transações).

Transações fora do Brasil representam 7% do total de transações concluídas em 2017, com 21 negócios (2016 - 24 transações).

 

TI representa 22% do total transacionado no primeiro semestre de 2017
 

67 transações, crescimento de 24% em relação a 2016 (54 transações)

22% do total transacionado

29 transações, redução de 9% em relação a 2016 (32 transações)

10% do total transacionado

24 transações, crescimento de 243% em relação a 2016 (7 transações)

8% do total transacionado


Exemplos de transações - Top 5 - anual

  • A Naspers juntamente com a Innova Capital realizou um aporte Movile pelo valor de USD 53 milhões;
  • O banco japonês Softbank realizou um aporte na startup de mobilidade urbana, 99, pelo valor de USD 100 milhões.
  • A Carglass realizou a aquisição da empresa brasileira Disk Reparo, focada em reparo automotivo a domicílio, sem valores anunciados;
  • O grupo francês Beijaflore SA realizou a aquisição da filial brasileira da empresa Maksen Consulting.
  • A Terminal Investment realizou a aquisição de 100% da participação da Portonave - Terminais Portuários de Navegantes pelo valor de R$ 1,3 bilhão;
  • A private equity britânica Actis LLP realizou a aquisição de todos os parques eólicos da empresa espanhola Gestamp Renewables.
  • O Gentera, juntamente com a Vox Capital realizou um aporte na startup de soluções financeiras Avante, pelo valor de R$ 38,6 milhões;
  • O banco Itaú Unibanco realizou a compra minoritária da XP Investimentos, adquirindo 49,9% da corretora, pelo valor de R$ 5,7 bilhões.
  • A Natura realizou a aquisição da rede de lojas The Body Shop, anteriormente da francesa L'Oréal, pelo valor de 1 bilhão de euros;
  • O grupo Vittia de fertilizantes especiais e inoculantes anunciou a aquisição de 80% do controle acionário da companhia de defensivos biológicos Biovalens.

 

Exemplos de transações - Top 5 - junho 2017 

  • A gestora de fundos de investimentos norte-americana QMS Capital liderou uma rodada de investimentos na startup Neoway, fornecedora de dados e análises para empresas no Brasil.
  • O grupo Minerva realizou a aquisição das operações de carne bovina, anteriormente da JBS, na Argentina, Paraguai e Uruguai, pelo valor de USD 300 milhões.
  • A gestora de fundos de investimentos Astella Investimentos realizou um aporte na empresa Bom pra Crédito, um marketplace de crédito ao consumidor, sem valores anunciados.
  • A Diagnósticos da América (DASA) realizou a aquisição do Laboratório Médico Santa Luzia, Laboratório de Pesquisas Clínicas e Bromatológicas e a Usina de Diagnóstico e Alta Performance.
  • A holding EIG LLX realizou a compra minoritária de 1,08% do total de ações de emissão da companhia brasileira do setor de logística, Prumo Logística, sendo representado por 4.075.500 ações ordinárias.

 

No primeiro semestre, os investidores nacionais lideraram os investimentos realizados no Brasil, com 58% de participação nas negociações

 

 

Com 58% de participação nas transações anunciadas até o mês de junho de 2017, os investimentos de origem nacional estão a frente dos investimentos de origem estrangeira com um total de 160 negociações (crescimento de 14% quando comparado ao mesmo período de 2016 - 140 transações).

Com 116 transações realizadas até junho de 2017, os investidores estrangeiros tiveram uma redução nas participações de 6% em relação ao mesmo período de 2016 (124 negociações).

 

No primeiro semestre, aquisições de controle majoritário igualam o volume de 2016, sendo a modalidade com maior volume de negociações, com 167 transações

Perfil de transação Total Variação % 2016-2017
  2017 2016  
Aquisições 167 166 1%
Compras 109 98 11%
Joint Ventures 4 6 -33%
Fusão 14 9 56%
Incorporação 6 6 0%
Cisão 0 2 -

 

Estados Unidos, França e Alemanha foram responsáveis por 45% do total de transações envolvendo capital estrangeiro até o mês de junho 

Em 2017 foram anunciadas 119 transações envolvendo capital estrangeiro, redução de 8% em comparação ao mesmo período do ano anterior (2016 - 131 transações).

Já no mês de junho foram anunciadas 19 transações realizadas por capital estrangeiro, crescimento de 19% comparado ao volume transacionado no mesmo período de 2016 (2016 - 16 transações).

  • EUA: com 28% do total das transações - 33 negociações, redução de 27% comparado ao ano anterior (2016 - 45 transações);
  • França: com 11% do total - 13 transações (2016 - 7 transações);
  • Alemanha: com 7% do total - 8 transações (2016 - 8 transações).

EUA, França e Alemanha: 45% de interesse em ativos brasileiros do total de transações estrangeiras.

Nota: Não inclui acordos. Fonte: PwC.

 

Private Equity

Em 2017, os investidores financeiros estiveram presentes em 82 transações, crescimento de 46% quando comparado ao mesmo período de 2016 (56 transações), sendo 59% de investidores nacionais (48 transações) e 41% de investidores estrangeiros (34 transações) em 2017.

Em junho, os investidores financeiros estiveram presentes em 20 transações, crescimento de 67% quando comparado ao mesmo período de 2016 (12 transações), sendo 75%  de investidores nacionais (15 transações) e 25% de investidores estrangeiros (5 transações) em 2017.

Das 12 transações anunciadas em junho de 2016, 58% foram realizadas por investidores nacionais e 42% por investidores estrangeiros.

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

 

Transações selecionadas - junho 2017

  • A mineradora canadense Marlin Gold realizou a compra minoritária de 3,5% de participação do projeto de mineração de ouro Tocantinzinho, no Pará, anteriormente de investidores privados, sem valores anunciados;
  • A holding sueca AINMT Holdings realizou a compra minoritária da empresa brasileira Nextel Telecom, sediada em São Paulo, pelo valor de USD 50 milhões;
  • A empresa brasileira Randon anunciou uma joint venture com o grupo chileno Epysa criando a Randon Peru, que prevê fábrica na capital peruana Lima para fabricação, montagem e distribuição de semirreboques da marca brasileira;
  • A empresa de serviços turísticos CVC realizou a compra minoritária de 16% das empresas do mesmo segmento, Read Serviços e Reserva Fácil;
  • O fundo de investimento imobiliário GGR COVEPI RENDA realizou a aquisição de 100% do imóvel consistente na planta industrial da empresa MD Papéis Ltda, fábrica de papéis, sediada em São Paulo, pelo valor de R$ 50 milhões;
  • O grupo de energia elétrica espanhol Iberdrola Energia realizou a aquisição majoritária no negócio da Neoenergia, possuindo 52,45% com a aquisição.
  • A gestora de fundos de participações em empresas Aqua Capital realizou aquisição de participação majoritária na Agro100, empresa com sede em Londrina (PR) que atua com distribuição  de insumos agrícolas e recebimentos de grãos, sem valores anunciados;
  • A empresa sul-coreana CJ CheilJedang Corp realizou a aquisição de 90% da empresa brasileira Sementes Selecta SA, pelo valor de USD 318,6 milhões;
  • O Timberland Investment Group, consórcio de investidores institucionais, do BTG Pactual, realizou a aquisição de ativos florestais no Uruguai, pelo valor de USD 402,5 milhões;
  • A Halipar (Holding de Alimentação e Participações) realizou a compra de participação na rede de franquias Croasonho, sem valores anunciados;
  • A rede varejista Tintas MC realizou a aquisição do Grupo Aquarela Tintas, Arte Tintas e Rio Vermelho Tintas, sem valores anunciados;
  • A empresa brasileira WEG realizou a aquisição da CG Power USA pelo valor de USD 37 milhões, anteriormente da CG Power Systems Belgium.

Transações selecionadas - janeiro a maio de 2017 

  • A Viasoft realizou a aquisição da JetPDV, empresa também do segmento de softwares;
  • A empresa brasileira WIZ Soluções e Corretagem de Seguros realizou a aquisição de 100% das quotas de emissão da empresa Finanseg Administração e Corretagem de Seguros Ltda;
  • O grupo britânico de refrigerantes Britvic realizou a aquisição da fabricante brasileira de sucos Bela Ischia Alimentos, sediada em Minas Gerais, pelo valor de R$ 218 milhões;
  • A empresa do setor imobiliário BR Properties realizou a compra de 17% do Centro Empresarial Espaço Gaia, pelo valor de R$ 49,4 milhões;
  • O grupo SEB (Sistema de Ensino Brasileiro) realizou a aquisição da plataforma tecnológica educacional brasileira Scules By Mosyle;
  • A Viacom International Media Networks, divisão da Viacom Inc, realizou a aquisição da produtora e distribuidora de conteúdo de comédia brasileira, Porta dos Fundos;
  • A Lyon Capital, por meio de seu veículo de investimento Lyondel, realizou a aquisição de 94,49% do capital da rede de drogarias Brasil Pharma.
  • As empresas do setor de serviços com soluções globais em meio ambiente EcoAdvisor e a Lisam Systems SA realizaram uma fusão;
  • A BR Properties realizou a aquisição do Condomínio Centenário Plaza, anteriormente pertencente à Previ, pelo valor de R$ 433,4 milhões. Segundo nota, conhecido como Robocop e localizado em São Paulo;
  • A Aliansce Shopping Centers realizou a aquisição de 100% das cotas do CTBH Fundo de Investimento Imobiliário - FII, único proprietário do empreendimento imobiliário corporativo denominado Boulevard Corporate Tower (BCT) pelo valor de R$ 275,3 milhões;
  • A Diagnósticos da América (DASA) realizou a aquisição da totalidade do capital do Laboratório Médico Vital Brasil, sediada em Guaratinguetá (SP);
  • O grupo RCO focado em soluções e qualidade em eficiência para processos industriais realizou a aquisição da fabricante de autobetoneiras e gruas de médio porte SITI (Sociedade de Instalações Termoelétricas Industriais);
  • A gestora de investimento Vostok Emerging Finance liderou uma rodada de investimento na fintech brasileira Nibo, que atua para melhorar a interação de contadores e pequenas e médias empresas, pelo valor de R$ 20 milhões.

Transações selecionadas - janeiro a maio de 2017

  • O grupo chinês HNA realizou a compra de participação minoritária do Aeroporto Internacional Tom Jobim/RIOGaleão;
  • A empresa austríaca Miba AG realizou aquisição da Mahle Metal Leve Miba Sinterizados, sem valores anunciados;
  • A companhia brasileira Nadir Figueiredo Indústria realizou a aquisição de ativos destinados à fabricação de artigos de vidro para mesa - utilidades domésticas, anteriormente da Owens Illinois do Brasil;
  • A empresa de turismo CVC realizou a aquisição de uma empresa também do mesmo setor de turismo Grupo Trend, pelo valor de R$ 258 milhões, adquirindo 90% da empresa;
  • O fundo de investimento brasileiro Cventure Primus realizou um aporte na empresa Asaas, de cobranças e boletos bancários, sediada em Joinville, pelo valor de R$ 2,5 milhões;
  • O braço de investimento de private equity do grupo LGT, a LGT Impact Ventures, realizou um aporte na General Water, que oferece sistemas próprios de abastecimento, tratamento de esgoto e reuso de água.
  • O fundo de investimento brasileiro 2bCapital realizou um aporte na empresa brasileira WDC Networks especializada na importação e distribuição de equipamentos de tecnologia de informação e comunicação
  • A Lone Star Funds, empresa norte-americana de gestão de fundos de investimento realizou a aquisição da Apoema Capital Partners;
  • A plataforma de entrega de almoço executivo, Marmotex realizou a aquisição da empresa Frutarium, prestadora de serviços de assinatura de frutas;
  • A Bossa Nova Investimentos realizou um aporte na startup Pluga, plataforma que permite integrações entre ferramentas e serviços da web;
  • A Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) realizou a aquisição da totalidade da participação acionária que a Isolux e a Cymi possuíam na Interligação Elétrica Norte e Nordeste (IENNE), pelo valor de R$ 96,75 milhões;
  • O fundo de private equity, Aqua Capital realizou uma aquisição de participação majoritária na Casa da Vaca, empresa distribuidora de produtos veterinários e insumos no país.
  • A private equity suíça, Spice Private Equity, indiretamente controlada e gerenciada pela private equity brasileira GP Investments realizou a compra minoritária do restaurante britânico LEON Restaurant


Glossário

Definições aplicadas neste relatório na categorização de uma transação

Aquisição de participações controladoras são aquelas em que o comprador obtém, na transação, o controle da empresa. Enquadram-se nesta categoria as transações de compra de 100% das ações, de uma participação majoritária (maior do que 50%, mesmo que por apenas uma ação), participações adicionais que transferem o controle para o comprador (por exemplo, um acionista que já possui 30% ao comprar uma participação adicional de 21%), ou qualquer outra transação em que fique explícito que o controle foi transferido para o comprador.

Compra de participações não-controladoras são aquelas em que o controle da empresa não é transferido junto com as ações - tipicamente, são transações menores do que 50% do capital.

Joint venture caracteriza-se por ser um empreendimento de dois ou mais sócios em uma nova empresa, sendo que os sócios continuam a existir com suas operações independentes. É diferente de um acordo comercial (uma representação, por exemplo), em que não existe a criação de uma nova empresa.

Fusão é quando duas empresas juntam suas operações e deixam de existir isoladamente, dando origem a uma terceira nova empresa.

Incorporação acontece quando uma empresa absorve as operações de outra, que deixa de existir.

Cisão é o tipo de transação em que uma empresa é dividida, surgindo daí uma outra empresa. É caso das empresas que querem separar os negócios em unidades independentes.

Contatos

Rogério Gollo
Sócio
Tel: +55 11 3674-2435
Email

Durval Portela
Sócio e líder de Consultoria Tributária e Societária
Tel: +55 11 3674-2582
Email

Siga-nos