7ª Pesquisa Global sobre Crimes Econômicos

A Lei Anticorrupção brasileira, que entrou em vigor recentemente, deverá estimular a implantação de programas de compliance nas nossas empresas, a exemplo do que já ocorre em outros países, e provocar uma transformação cultural no ambiente corporativo brasileiro. As empresas brasileiras parecem estar mais atentas ao combate aos crimes econômicos, sobretudo às fraudes eletrônicas. Essa é a conclusão que se pode tirar da 7ª Pesquisa Global sobre Crimes Econômicos, realizada pela PwC. Os dados sobre o nosso país mostram que a parcela de empresas que relataram ter sofrido crimes econômicos nos 24 meses anteriores à pesquisa caiu de 33% em 2011 para 27% em 2014, apesar de, globalmente, os casos terem subido de 34% para 37%.

Idioma: Português
Formato: Adobe Acrobat PDF
Tamanho: 735 kb