Fusões e Aquisições no Brasil - Abril 2018

Start adding items to your reading lists:
or
Save this item to:
This item has been saved to your reading list.

Até abril de 2018 foram realizadas 195 negociações, redução de 2% em comparação a 2017

Fusões aquisições

No período acumulado de 2018 foram realizadas 195 transações, 2% inferior ao volume de 2017 (198 transações). No mês de abril foi apresentado uma redução de 13%, com 42 transações anunciadas, em relação ao mesmo período de 2017 (48 transações). 

O ano de 2018 apresentou sinais positivos da recuperação econômica do país, no entanto, as incertezas econômicas prejudicaram esta retomada.

 

 

Transações

Fusões aquisições
Fusões aquisições

No ano de 2018, 71% de interesse dos investidores se concentrou na região Sudeste

Fusões aquisições

A Região Sudeste consolidou 71% do interesse do investidor nos negócios anunciados (138 transações). No mesmo período de 2017 foram registradas 139 transações, redução de 1%.

No mês de abril foram anunciadas 26 transações no Sudeste, redução de 16% em comparação ao mesmo período do ano passado (abril 2017 - 31 transações).

O Estado de São Paulo com 54% das transações anunciadas entre janeiro e abril, representadas por 106 transações (2017 - 108 transações), sendo 83 negociações em São Paulo Capital e 23 transações em regiões no Interior de São Paulo.

Na Região Sul, foram efetuadas 21 negociações, 19% inferior ao mesmo período de 2017 (26 transações).

Transações fora do Brasil representam 7% do total de transações concluídas em 2018, com 13 negócios (2017 - 12 transações).

 

 

O período acumulado de 2018 consolida o setor de TI como o setor de maior preferência de investimento com 22% do total

42 Transações, crescimento de 2% em relação a 2017 (41 transações)
22% do total transacionado

19 Transações, crescimento de 46% em relação a 2017 (13 transações)
10% do total transacionado

14 Transações, redução de 44% em relação a 2017 (25 transações)
7% do total transacionado

Exemplos de transações - Top 5 setores anual

  • A Tiger Global realizou um aporte na Conta Azul, pelo valor de R$ 100 milhões;
  • A Invest Tech, realizou um aporte na empresa brasileira Sky.One, pelo valor de R$ 22,5 milhões.
  • O Quest Group, realizou a aquisição da United Americas Insurance Company (UAIC), pelo valor de  USD 5,3 milhões;
  • A Zurich Insurance Group realizou a aquisição da Travel Ace e Universal Assistance, empresas especializadas do ramo de seguros.
  • A Van Eck Associates realizou a compra minoritária de 5,74% da locadora de automóveis Movida, sem valores anunciados;
  • A Innospection, realizou a aquisição da empresa Advanced-NDT Assessoria e Consultoria, especializada em soluções de inspeções.
  • A Ecogen realizou a aquisição do braço de serviços e eficiência energética da Light SA, a Light Esco Prestação de Serviços, pelo valor de R$ 43,4 milhões;
  • A Gas Natural Fenosa realizou a aquisição de duas usinas solares, a Guimarania I e Guimarania II, localizadas em Minas Gerais.
  • A Petrobrás, juntamente com a Statoil e ExxonMobil realizaram a aquisição do bloco de exploração C-M-709, pelo valor de R$ 1,5 bilhão;
  • O consórcio formado pelas empresas Royal Dutch Shell, Petrogal e Chevron arremataram o bloco de exploração C-M-791 na Bacia de Campos, pelo valor de R$ 551 milhões.

Exemplos de transações - Top 5 setores - Abril 2018 

As empresas Repsol, Wintershall e Chevron realizaram a aquisição dos blocos de exploração petrolífero S-M-764, C-M-821 e C-M-823, pelo valor de USD 67,2 milhões.

A Linx, empresa desenvolvedora de softwares, realizou a aquisição da empresa Único Sistemas e Consultoria, especializada no desenvolvimento de ferramentas multicanais de gestão de promoções e fidelidade.

O Santander InnoVentures, fundo de capital de risco financeiro do Grupo Santander, realizou um aporte na startup Creditas, plataforma brasileira de empréstimos com garantia.

A Kroton Educacional realizou a aquisição de 73,35% do controle da Somos Educação, pelo valor de R$ 4,6 bilhões.

A Marfrig Global Foods realizou a aquisição de 51% da empresa norte-americana National Beef Packing Company, do segmento de processadora de carne bovina nos Estados Unidos, pelo valor de USD 969 milhões.

 

Até abril de 2018, os investidores nacionais se colocam a frente dos investidores estrangeiros com 63% do total em aquisições e compras minoritárias

Fusões aquisições

Com 63% de participação nas transações anunciadas até o mês de abril de 2018, investidores nacionais somam um total de 115 negociações (crescimento de 15% quando comparado ao mesmo período de 2017 - 100 transações).

Com 67 transações realizadas no período consolidado de 2018, os investidores estrangeiros regrediram 18% em relação ao mesmo período de 2017 (82 negociações).

 

 

Em 2018, as aquisições de controle majoritário estão 21% a frente do volume de 2017

Perfil de Transação Total Variação % 2017-2018
  2018 2017  
Aquisições 133 110 21%
Compras 49 72 -32%
Joint Ventures 2 2 0%
Fusão 6 11 -45%
Incorporação 5 3 67%
Fusões aquisições

 

Estados Unidos, Alemanha e França foram responsáveis por 47% do total de transações envolvendo capital estrangeiro nos primeiros quatro meses de 2018

No período até abril de 2018 foram anunciadas 72 transações envolvendo capital estrangeiro, redução de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior (2017 - 82 transações). 

No mês de abril foram anunciados 15 transações realizadas por capital estrangeiro, redução de 25% em comparação ao mesmo período de 2017 (20 transações).

  • EUA: com 32% do total das transações - 23 negociações, apresentando redução de 15% em comparação ao mesmo período de 2017 (2017 - 27 transações); 
  • Alemanha: com 8% do total - 6 transações (2017 - 5 transações);
  • França: com 7% do total - 5 transações (2017 - 8 transações).

 

EUA, Alemanha e França: 47% de interesse em ativos brasileiros do total de transações estrangeiras.

Nota: Não inclui acordos. Fonte: PwC.

Private Equity

No período acumulado até o mês de abril de 2018, os investidores financeiros estiveram presentes em 41 transações, redução de 20% quando comparado ao mesmo período do ano passado (2017 - 51 transações). Sendo 61% investidores nacionais (25 transações) e 39% investidores estrangeiros (16 transações) em 2018.

No mês de abril de 2018, os investidores financeiros estiveram presentes em 10 transações, redução de 9% quando comparado ao mesmo período do ano passado (2017 - 11 transações), sendo 60% investidores nacionais (6 transações) e 40% de investidores estrangeiros (4 transações) em 2018.

Das 11 transações anunciadas em abril de 2017, 64% foi composto por investidores nacionais e 36% por investidores estrangeiros.

Fusões aquisições

Transações selecionadas de abril 2018

  • A MLog, empresa de logística e navegação realizou a aquisição total da mineradora Marsil, sediada em Minas Gerais, sem valores anunciados;
  • A empresa alemã do setor petrolífero Wintershall realizou a aquisição, por meio de leilão, os blocos de exploração POT-M-857, POT-M-863, POT-M-865 e CE-M-601, pelo valor de USD 32,2 milhões na bacia do Ceará;
  • A empresa tailandesa, Charoen Pokphand Foods realizou uma compra minoritária de 40% da empresa brasileira especializada em criação e processamento de camarões, Camanor Produtos Marinhos, pelo valor de USD 17,5 milhões;
  • A Nidec Corporation realizou a aquisição da Embraco, divisão mundial de compressores para refrigeração, anteriormente da Whirpool Corporation, pelo valor de USD 1,08 bilhão;
  • A Raízen Combustíveis e sua subsidiária Raízen Argentina Holdings, realizaram a aquisição do negócio de downstream (transporte, distribuição e refino) da Shell na Argentina, pelo valor de USD 950 milhões;
  • O fundo de private equity H.I.G Capital e Kilimanjaro Brasil Partners realizaram a aquisição da Elekeiroz, empresa que atua no setor de produção de químicos no Brasil, anteriormente controlada pela Itaúsa, pelo valor de R$ 160 milhões.
  • A empresa de e-commerce Wine.com.br realizou a aquisição da importadora de vinhos Bodegas, sem valores anunciados;
  • A BR Brazilian Investors, fundo de private equity, realizou a compra minoritária de 37% da startup de tecnologia voltada para o mercado financeiro, BEX, sem valores anunciados;
  • A empresa Kroton Educacional realizou a aquisição do Centro Educacional Leonardo Da Vinci, sediada em Espírito Santo, do segmento de educação primária, sem valores anunciados;
  • A Contém Canada realizou a aquisição da AES Bandeirante Empreendimentos, atualmente denominada LT Bandeirante, sem valores anunciados;
  • A Planner Corretora de Valores por meio do seu fundo de investimento imobiliário RBR Properties realizou a aquisição do Edifício Celebration, anteriormente da BR Properties, pelo valor de R$ 57 milhões;
  • A Aegea Saneamento e Participações realizou a aquisição de 100% do capital social da Sagua - Soluções Ambientais de Guarulhos, sociedade de propósito específico criada para prestar serviços de esgotamento sanitário, sem valores anunciados.

Transações selecionadas de janeiro a março 2018

  • A empresa Cinel Alimentos realizou a aquisição da empresa Broto Legal Alimentos, especializada no beneficiamento de arroz, sem valores anunciados;
  • A empresa brasileira TSEA Participações realizou a aquisição das operações da Toshiba South America Ltda, subsidiária da Toshiba Corp. no Brasil, sem valores anunciados;
  • O grupo mexicano Novem SA realizou a aquisição da subsidiária brasileira da empresa norte-americana Pentair, a Pentair Sibrape Indústria e Comércio de Equipamentos Aquáticos e de Filtragem, especializado em equipamentos e estruturas hidráulicas;
  • A empresa Áthina Administradora e Corretora de Seguros realizou a aquisição da GB Corretora de Seguros;
  • O laboratório União Química realizou a aquisição da fábrica Zoetis, antiga Pfizer Saúde Animal, em Guarulhos, sem valores anunciados;
  • O grupo varejista de produtos de segmento de cosméticos, Boticário realizou a aquisição da empresa brasileira Vult Cosmética, do mesmo segmento de varejo, sem valores anunciados.
  • O grupo canadense de alimentos, McCain Foods, realizou a compra minoritária de 49% da empresa brasileira Forno de Minas, fabricante de alimentos, sem valores anunciados;
  • A gestora de investimentos brasileira, Kick Ventures, realizou um aporte na startup brasileira Hitech Eletric, especializada em mobilidade urbana com foco em veículos elétricos (carros e caminhões), sem valores anunciados;
  • A BR Properties realizou a compra de quatro unidades do Edifício Tucano, localizado no Centro Empresarial Espaço Gaia Ar, na cidade de Jarinu, Estado de São Paulo, pelo valor de R$ 71 milhões;
  • A VentureCity, IFC e a Ventech realizaram um aporte de USD 22 milhões na plataforma RecargaPay;
  • A empresa norte-americana CreativeDrive realizou a aquisição da startup brasileira Decora, especializada na criação de cenários de decoração em 3D, pelo valor de USD 100 milhões;
  • A gestora de investimentos norte-americana FTV Capital realizou um aporte na fintech brasileira EBanx, especializada em processos de pagamentos, pelo valor de USD 30 milhões.

Transações selecionadas de janeiro a março 2018

  • A Suzano Papel e Celulose realizou a aquisição da totalidade das ações da concorrente Fibria Celulose, participação anteriormente detidas pelo BNDESPar e da Votorantim, a operação prevê trocas de ações e o pagamento de R$ 29 bilhões da Suzano aos acionistas da Fíbria;
  • A gestora de investimentos brasileira GP Investments, por meio de sua subsidiária suíça Spice Private Equity, realizou a aquisição do grupo Bravo Brio Restaurant, de restaurantes italianos, pelo valor de USD 100 milhões;
  • A Wheaton Vidros realizou a aquisição da empresa fabricante de vidros para a indústria de perfumaria, cosméticos e farmacêuticos, a Verescence do Brasil;
  • A Kinross Gold realizou a aquisição de dois complexos hidrelétricos, a Caçu e Barra dos Coqueiros em Goiás, pelo valor de R$ 835 milhões;
  • A gestora de investimentos Van Eck Associates realizou a compra minoritária de 5,74% de participação da locadora de automóveis Movida, sem valores anunciados;
  • A gestora de investimentos e.Bricks Ventures realizou um aporte na empresa de tecnologia financeira Véritos, pelo valor de R$ 5,2 milhões.
  • A empresa Somos Operações Escolares, empresa do Grupo Tarpon, realizou a aquisição de 51% do capital social do Centro de Educação Integrada (CEI);
  • A Cruzeiro do Sul Educacional realizou a aquisição de 100% do capital social e votante da Veritas Educacional, empresa que atua no mercado de ensino superior nos municípios gaúchos;
  • A Cruzeiro do Sul Educacional realizou a aquisição de duas instituições de ensino superior, o Centro Universitário da Serra Gaúcha e a Faculdade CESUCA, ambas sediadas em Rio Grande do Sul;
  • A Storymakers, agência de publicidade e marketing e a plataforma de criatividade o Panda Criativo, anunciaram uma fusão;
  • O grupo japonês Sumitomo Corporation realizou um aporte na Cosan Biomassa, joint venture com o grupo Cosan, pelo valor de R$ 39 milhões;
  • O grupo de laboratórios São Marcos realizou a aquisição do laboratório Laborfase Padrão de Análises Clínicas, na região do ABC Paulista, sem valores anunciados.

Glossário

Definições aplicadas neste relatório na categorização de uma transação

 

Aquisição de participações controladoras são aquelas em que o comprador obtém, na transação, o controle da empresa. Enquadram-se nesta categoria as transações de compra de 100% das ações, de uma participação majoritária (maior do que 50%, mesmo que por apenas uma ação), participações adicionais que transferem o controle para o comprador (por exemplo, um acionista que já possui 30% ao comprar uma participação adicional de 21%), ou qualquer outra transação em que fique explícito que o controle foi transferido para o comprador. 

Compra de participações não-controladoras são aquelas em que o controle da empresa não é transferido junto com as ações - tipicamente, são transações menores do que 50% do capital.

 

Joint venture caracteriza-se por ser um empreendimento de dois ou mais sócios em uma nova empresa, sendo que os sócios continuam a existir com suas operações independentes. É diferente de um acordo comercial (uma representação, por exemplo), em que não existe a criação de uma nova empresa.

Fusão é quando duas empresas juntam suas operações e deixam de existir isoladamente, dando origem a uma terceira nova empresa. 

Incorporação acontece quando uma empresa absorve as operações de outra, que deixa de existir.

Cisão é o tipo de transação em que uma empresa é dividida, surgindo daí uma outra empresa. É caso das empresas que querem separar os negócios em unidades independentes.

 

Siga-nos