Fusões e Aquisições no Brasil - Fevereiro 2018

Start adding items to your reading lists:
or
Save this item to:
This item has been saved to your reading list.

Até fevereiro de 2018 foram realizadas 97 transações, crescimento de 9% em comparação a fevereiro de 2017

Fusões e Aquisições gráfico 1

No período acumulado de 2018 foram realizadas 97 transações, 9% superior ao volume de 2017 (89 transações).

Já no mês de fevereiro foi apresentado um crescimento de 43%, com 50 transações anunciadas, em relação ao mesmo período de 2017 (35 transações).

O ano de 2017 sinalizou possível recuperação da economia brasileira e o ano de 2018 iniciou com viés positivo sobre essa retomada.

Transações

Fusões e Aquisições gráfico 2
Fusões e Aquisições gráfico 3

Região Sudeste segue com 74% de interesse dos investidores no ano de 2018

Fusões e Aquisições gráfico 4

A Região Sudeste segue com 74% do interesse do investidor nos negócios anunciados (72 transações). No mesmo período de 2017 foram registradas 65 transações, crescimento de 11%.

No mês de fevereiro foram anunciadas 37 transações no Sudeste, crescimento de 32% em comparação ao mesmo período do ano passado (fevereiro 2017 – 28 transações)

O Estado de São Paulo com 59% das transações anunciadas entre janeiro e fevereiro, representadas por 57 transações (2017 - 53 transações), sendo 45 negociações em São Paulo Capital e 12 transações em regiões no Interior de São Paulo.

Na Região Sul, foram efetuadas 11 negociações, 57%   superior ao mesmo período de 2017 (7 transações).

Transações fora do Brasil representam 7% do total de transações concluídas em 2018, com 7 negócios (2017 - 7 transações).

Setor de TI, continua sendo o setor de maior preferência de investimento, com 24% do total transacionado

23 Transações, crescimento de 130% em relação a 2017 (10 transações)

24% do total transacionado

10 Transações, crescimento de 67% em relação a 2017 (6 transações)

10% do total transacionado

8 Transações, crescimento de 33% em relação a 2017 (6 transações)

8% do total transacionado

5 principais setores correspondem a 57% do total

Exemplos de transações - Top 5 setores anual

  • A VentureCity, IFC e a Ventech realizaram um aporte de USD 22 milhões na plataforma RecargaPay;
  • O fundo de investimento CVentures realizou um aporte na empresa DT+Seekr, sem valores anunciados.
  • A empresa Áthina Administradora e Corretora de Seguros realizou a aquisição da GB Corretora de Seguros;
  • A Advent International realizou uma compra minoritária na corretora de valores EasyInvest, pelo valor de R$ 200 milhões.
  • A Kinross Gold realizou a aquisição de dois complexos hidrelétricos, a Caçu e Barra dos Coqueiros em Goiás, pelo valor de R$ 835 milhões;
  • O grupo alemão Fraport AG realizou a aquisição do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, pelo valor de R$ 425 milhões.
  • A Storymakers, agência de publicidade e marketing e a plataforma de criatividade o Panda Criativo, anunciaram uma fusão;
  • O grupo Imaginarium realizou a compra da empresa MinD Designs, sem valores anunciados.
  • O laboratório União Química realizou a aquisição da fábrica Zoetis, antiga Pfizer Saúde Animal, em Guarulhos, sem valores anunciados;
  • A empresa brasileira GTM do Brasil, subsidiária da GTM Holdings realizou a aquisição da empresa quantiQ Distribuidora de Produtos Químicos, pelo valor de R$ 550 milhões.

Exemplos de transações - Top 5 setores - fevereiro 2018 

  • A empresa brasileira de softwares e serviços de segurança digital Tempest realizou a aquisição da empresa EZ-Securities.
  • A EcoRodovias venceu a licitação para explorar trechos das rodovias BR-135, MG-231 e LMG-754 pelo valor de R$ 2,06 bilhões para administrar os trechos por 30 anos concedidos pelo governo do Estado de Minas Gerais.
  • A Becomex, empresa especializada no gerenciamento integrado na área tributária e operações internacionais, realizou a aquisição da Quiris.
  • A empresa norte-americana Plastek Industries, do setor de embalagens realizou a aquisição da empresa CostaPacking, empresa também do segmento de embalagens.
  • A gestora de investimentos norte-americana FTV Capital realizou um aporte na fintech brasileira EBanx, especializada em processos de pagamentos, pelo valor de USD 30 milhões.

No período acumulado até fevereiro 2018, os investidores nacionais se colocam a frente dos investidores estrangeiros com 57% do total em aquisições e compras minoritárias

Fusões e Aquisições gráfico 5

Com 57% de participação nas transações anunciadas até o segundo mês de 2018, investidores nacionais somam um total de 50 negociações (crescimento de 19% quando comparado ao mesmo período de 2017 - 42 transações).

Com 37 transações realizadas no período consolidado de 2018, os investidores estrangeiros regrediram 8% em relação ao mesmo período de 2017 (40 negociações).

Em 2018, as aquisições de controle majoritário seguem como preferência e 33% a frente do volume de 2017

Perfil de Transação Total Variação % 2017-2018
  2018 2017  
Aquisições 65 49 33%
Compras 22 33 -33%
Joint Ventures 2 1 100%
Fusão 5 5 0%
Incorporação 3 1 200%
Fusões e Aquisições gráfico 6

Estados Unidos, Alemanha e França foram responsáveis por 58% do total de transações envolvendo capital estrangeiro no mês de fevereiro de 2018

Até fevereiro de 2018 foram anunciadas 38 transações envolvendo capital estrangeiro, redução de 5% em comparação ao mesmo período do ano anterior (2017 - 40 transações).

No mês de fevereiro foram anunciados 17 transações realizadas por capital estrangeiro, redução de 6% em comparação ao mesmo período de 2017 (18 transações).

  • EUA: com 34% do total das transações - 13 negociações, apresentando o mesmo volume comparado ao ano anterior;
  • Alemanha: com 13% do total - 5 transações;
  • França: com 11% do total - 4 transações (2017 - 4 transações).

EUA, Alemanha e França: 58% de interesse em ativos brasileiros do total de transações estrangeiras.

Nota: Não inclui acordos. Fonte: PwC.

Private Equity

Os investidores financeiros estiveram presentes em 17 transações em 2018, redução de 15% quando comparado ao mesmo período do ano passado (2017 - 20 transações). Sendo 53% investidores nacionais (9 transações) e 47% investidores estrangeiros (8 transações) em 2018.

No mês de fevereiro de 2018, os investidores financeiros estiveram presentes em 9 transações, crescimento de 29% quando comparado ao mesmo período do ano passado (2017 - 7 transações), sendo 67% investidores nacionais (6 transações) e 33% de investidores estrangeiros (3 transações) em 2018.

Das 7 transações anunciadas em fevereiro de 2017, 57% foi composto por investidores nacionais e 43% por investidores estrangeiros.

Fusões e Aquisições gráfico 7

Transações selecionadas de fevereiro 2018

  • •A Nuseed, empresa do setor de sementes, realizou a compra de 49% do restante das ações da empresa Atlântica Sementes, especializada na venda de sementes de girassol, sem valores anunciados;
  • A Suzano Papel e Celulose realizou a aquisição de 30 mil hectares de terras e florestas localizadas no Estado de São Paulo, anteriormente detidas pela Duratex, pelo valor de R$ 1,05 bilhão;
  • O grupo japonês Sumitomo Corporation realizou um aporte na Cosan Biomassa, joint venture com o grupo Cosan, pelo valor de R$ 39 milhões;
  • O grupo francês SNEF realizou a aquisição do controle da empresa brasileira MaxControl, empresa de engenharia e tecnologia que atua oferecendo soluções de automação, instrumentação, elétrica e TI, sem valores anunciados;
  • A UBM Brazil, organizador de eventos B2B, empresa subsidiária do grupo britânico UBM Plc, realizou a aquisição do grupo CanalEnergia, empresa de comunicação integrada com foco no setor elétrico, sem valores anunciados;
  • O e-commerce Meu Móvel de Madeira realizou a aquisição da marca brasileira de móveis Oppa Design, sem valores anunciados.
  • A empresa brasileira de máquinas de alimentos e bebidas Gran Coffee Comércio, Locação e Serviços, realizou a aquisição da concorrente Fast Gourmet Comércio de Alimentos Ltda, pelo valor de R$ 3 milhões;
  • O grupo industrial italiano Keracoll, especializada no setor de produtos e serviços para construções ecossustentáveis, realizou a aquisição de 100% das ações da empresa brasileira Cimentolit;
  • A empresa Klabin realizou uma compra minoritária de 12,5% da startup israelense Melodea Bio Based Solutions, pioneira na tecnologia de extração de celulose nanocristalina (CNC);
  • O grupo francês AirBus realizou a aquisição da empresa brasileira Voom, especializada em oferecer serviços de voo sob demanda com helicópteros, sem valores anunciados;
  • A Cruzeiro do Sul Educacional realizou a aquisição de duas instituições de ensino superior, o Centro Universitário da Serra Gaúcha e a Faculdade CESUCA, ambas sediadas em Rio Grande do Sul;
  • O grupo GPS, conglomerado de empresas especializada na prestação de segurança, realizou a aquisição de 60% da LC Restaurantes.

Transações selecionadas de janeiro 2018

  • A empresa brasileira EcoRodovias realizou a privatização por meio de leilão do Rodoanel Norte, pelo valor de R$ 883 milhões;
  • A empresa mineira de lácteos Trevo Alimentos e a alemã, do mesmo segmento, Ehrmann AG, anunciaram uma joint venture com o objetivo de focar novas tecnologias e produtos para o mercado brasileiro de iogurtes e sobremesas;
  • A Archy LLC, afiliada do fundo soberano de Cingapura, GIC Pte, realizou uma compra minoritária de 25% da Algar Telecom, adquirindo parte do seu capital social e votante, sem valores anunciados;
  • A Optimus Steel realizou a aquisição da usina produtora de fio-máquina no Texas e de mais duas unidades de processamento nos Estados Unidos, pelo valor de USD 92,5 milhões, anteriormente da siderúrgica Gerdau;
  • A empresa brasileira Brametal SA, especializada na fabricação de estruturas metálicas para geração e transmissão de energia elétrica e telecomunicações, realizou a aquisição da Tector Engenharia, Torres e Ferragens SA, sem valores anunciados;
  • O grupo francês SNEF realizou a aquisição de 51% do capital social da empresa gaúcha Sequor Softwares Industriais, com sede em Canoas.
  • O Grupo Zaffari realizou a aquisição do Shopping San Pelegrino, localizado em Caxias do Sul, passando a integrar a Divisão Shopping Centers;
  • A empresa Central America Bottling Corporation, por meio de sua subsidiária peruana CBC Peruana, realizou a aquisição de 100% da Ambev Albacín S.A.C., subsidiária da Ambev Perú S.A.C, sem valores anunciados;
  • As corretoras de valores mobiliários e câmbio, Concordia e Spinelli anunciaram uma fusão de suas empresas;
  • O fundo de investimento da Inseed Fima realizou um aporte na empresa de compartilhamento de carros, Zazcar, pelo valor de R$ 7,5 milhões;
  • A Pinnacle Asset Management, uma gestora de investimentos, realizou a aquisição da Five Rivers Cattle Feeding, anteriormente da JBS USA, pelo valor de USD 200 milhões;
  • A SP Ventures, gestora de fundos de investimento de Venture Capital, realizou um aporte na Gênica Inovação Biotecnológica, plataforma de acesso ao mercado agrícola para companhias de biodefensivos, pelo valor de R$ 6 milhões.

Glossário

Definições aplicadas neste relatório na categorização de uma transação

Aquisição de participações controladoras são aquelas em que o comprador obtém, na transação, o controle da empresa. Enquadram-se nesta categoria as transações de compra de 100% das ações, de uma participação majoritária (maior do que 50%, mesmo que por apenas uma ação), participações adicionais que transferem o controle para o comprador (por exemplo, um acionista que já possui 30% ao comprar uma participação adicional de 21%), ou qualquer outra transação em que fique explícito que o controle foi transferido para o comprador. 

Compra de participações não-controladoras são aquelas em que o controle da empresa não é transferido junto com as ações - tipicamente, são transações menores do que 50% do capital.

Joint venture caracteriza-se por ser um empreendimento de dois ou mais sócios em uma nova empresa, sendo que os sócios continuam a existir com suas operações independentes. É diferente de um acordo comercial (uma representação, por exemplo), em que não existe a criação de uma nova empresa. 

Fusão é quando duas empresas juntam suas operações e deixam de existir isoladamente, dando origem a uma terceira nova empresa. 

Incorporação acontece quando uma empresa absorve as operações de outra, que deixa de existir. 

Cisão é o tipo de transação em que uma empresa é dividida, surgindo daí uma outra empresa. É caso das empresas que querem separar os negócios em unidades independentes.

Contatos

Rogério Gollo
Sócio, PwC Brasil
Tel: +55 (11) 3674 2435
Email

Durval Portela
Sócio e líder de Consultoria Tributária e Societária
Tel: +55 (11) 3674 2582
Email

Siga-nos