100 maiores empresas globais (2020)

Ranking das 100 maiores empresas globais de capital aberto por valor de mercado

Visão geral

Este relatório traz o ranking das 100 maiores empresas de capital aberto do mundo por valor de mercado em março de 2020 e mostra como seu valor total e individual evoluiu em um ano – de março de 2019 a março de 2020 – e, também, desde março 2009. O estudo identifica as subidas e descidas no ranking e as dinâmicas por país e setor, fornecendo uma visão sobre como o cenário global se transformou.

A análise compara as 100 maiores empresas globais anualmente, tomando como referência a data de 31 de março. Dado o impacto significativo da pandemia de Covid-19 nos mercados de ações no primeiro trimestre de 2020, também analisamos nesta edição a posição em 31 de dezembro de 2019 das empresas incluídas no Global Top 100 em 31 de março de 2020.

A análise terá atualizações em junho e setembro de 2020 para avaliar a evolução do impacto da crise nas 100 maiores empresas globais, à medida que o mundo se recupera da pandemia e os mercados refinam suas avaliações sobre as perspectivas por indústria e empresa.

Conheça as 100 maiores empresas globais por região:

Global Top 100 companies: explore the data
close

Greater China

$21,075m

Market Cap (31 March 2020)

Alibaba Group Holding-Sp ADR

7

Rank

$471.7m

Market Cap
(31 March 2020)

1.7%

% Change Mkt
Cap (19-18)

Tencent Holdings Ltd

7

Rank

$471.7m

Market Cap
(31 March 2020)

1.7%

% Change Mkt
Cap (19-18)

Ind & Comm Bk of China-A

7

Rank

$471.7m

Market Cap
(31 March 2020)

1.7%

% Change Mkt
Cap (19-18)
Fonte: análise da Bloomberg e da PwC

Principais destaques

Valor de mercado

  • O valor de mercado das 100 maiores empresas globais aumentou 20% (US$ 4,301 bilhões) de março a dezembro de 2019, antes de diminuir 15% (US$ 3,905 bilhões) nos três meses primeiros meses de 2020, período em que a Covid-19 se alastrou.
  • A Saudi Aramco entrou no Global Top 100 este ano, com o maior IPO da história, em dezembro de 2019. A empresa ingressou na 1ª posição e a manteve desde então (valor de mercado em março de 2020: £ 1,602 bilhão).
  • Mesmo com o impacto da Covid-19, o valor de mercado da Microsoft e da Apple ultrapassou US$ 1 trilhão em março de 2020. Desde então, a Amazon ingressou no “clube do trilhão”, impulsionada por um aumento da demanda causado pelas medidas de restrição de mobilidade adotadas para tentar conter a Covid-19.

Fonte: Bloomberg


Fonte: Bloomberg

Desempenho setorial

  • À exceção de Óleo e Gás, todos os setores representados no Global Top 100 registraram valorização de março a dezembro de 2019, refletindo a efervescência dos mercados de ações globais ao longo do ano passado.
  • Nos três meses seguintes, de janeiro a março de 2020, todos os setores tiveram queda entre 1% e 37%:
    • O de Óleo e Gás foi o mais afetado pelo impacto generalizado e pelas incertezas causadas pela Covid-19, que enfatizaram a fragilidade dos preços dessa indústria.
    • O setor de Finanças também sofreu, perdendo 23% nesse período.
    • O setor de Serviços ao consumidor foi favorecido pela valorização de 16% (US$ 23 bilhões) da Netflix, uma das únicas dez empresas que registraram aumento do valor de mercado de dezembro de 2019 a março de 2020.
    • As empresas de Tecnologia perderam 11% de valor, minando o aumento de 24% obtido de março a dezembro de 2019.

 


Os 100 maiores unicórnios

O valor dos 100 maiores unicórnios cresceu 5%, alcançando US$ 853 bilhões em 31 de março de 2020.

Os EUA dominavam a lista em 31 de março de 2020, representando metade do número de empresas e do valor total. Atrás dos EUA vem a China (e seus territórios), respondendo por 26 empresas (35% em termos de valor).

A Bytedance, empresa de internet da China continental (controladora da TikTok), mantém sua posição como o unicórnio mais valioso, com avaliação de US$ 75 bilhões. Atualmente, há 23 decacórnios (um unicórnio com valor > US$ 10 bilhões) entre os 100 maiores unicórnios.

Aumentou a rotatividade na lista dos 100 maiores unicórnios nos 12 meses encerrados em 31 de março de 2020, em comparação com o período anterior. Foram 27 novos participantes, 10 saídas por IPO/M&A e 17 empresas que deixaram a lista.

Fonte: CB Insights

“No período até 31 de dezembro de 2019, o valor de mercado das empresas do Global Top 100 cresceu impressionantes 20%, inclusive com o impulso dado pela participação da Saudi Aramco no topo da lista. Nos três meses seguintes, embora o valor total tenha caído 15%, as empresas do Global Top 100 superaram os índices de seus setores, um primeiro sinal de que os investidores valorizam as qualidades defensivas das grandes empresas e sua capacidade para investir no mundo pós-Covid-19.”

Ross Hunter, Sócio e líder do IPO Center, PwC Reino Unido

Contatos

Kieran McManus

Kieran McManus

Sócio, PwC Brasil

Tel: +55 (11) 3674 2000

Siga-nos