Will robots steal our jobs?

Uma análise internacional do impacto potencial de longo prazo da automação

 

Os economistas da PwC Reino Unido analisam neste novo estudo os possíveis impactos da automação para os empregos até 2030, com base nas tarefas e habilidades envolvidas nos empregos de mais de 200 mil trabalhadores em 29 países. Os impactos foram avaliados segundo gênero, idade, nível educacional e setor da indústria.

A seguir, resumimos as principais conclusões:

Will robots steal our jobs?
  • Em média, o percentual estimado de empregos ameaçados pela automação é de 3% no início da década de 2020, mas ele sobe para quase 20% no fim da década e alcança 30% em meados dos anos 2030.
  • Os setores de transporte e produção industrial têm um potencial relativamente alto de automação de empregos até a década de 2030; os de saúde e educação estão menos sujeitos a essa tendência.
  • A educação é um fator-chave para o risco de automação: no longo prazo, a ameaça é maior para os homens com menor nível de formação.
  • As mulheres que se dedicam a trabalhos de escritóris estão expostas a um risco maior nos próximos 5 a 10 anos.
  • A perda de empregos no curto prazo deve ser amplamente compensada pela criação de novas vagas com a modernização da economia, desde que se invista mais na reciclagem dos trabalhadores.

 

Contatos

Federico A. Servideo

Sócio, PwC Brasil

Tel: +55 (11) 3674 3577

Siga-nos