Como capacitar seu pessoal

Encare as pessoas como seu superpoder

Todos nós adoraríamos olhar para uma bola de cristal que mostrasse não apenas o futuro, mas como chegar lá. Em vez de adivinhação, procure se preparar por meio das pessoas. Isso requer uma mentalidade focada na experiência do empregado. 

Comece melhorando as competências. A maioria dos treinamentos tradicionais concentra-se no acúmulo de conhecimento e não em desenvolver competências ou compreensão. E é inútil quando o conhecimento não é absorvido, não impulsiona os negócios e não motiva as pessoas. Ofereça aos empregados maneiras de aplicar novas competências imediatamente e de aprender uns com os outros. Isso é um imperativo quando 79% dos CEOs dizem que a falta de competências essenciais está ameaçando o crescimento de suas organizações.


dos Transcendentes transformaram seu processo de treinamento e viram resultados

Os Transcendentes dizem que as mudanças no treinamento tornaram seu pessoal focado, inovador e mais capaz de ajudar a conduzir a estratégia digital da empresa.

Concentre-se em ajudar seus empregados a pensar e trabalhar com mais agilidade, para que possam agregar valor à organização, à medida que suas funções e as demandas dos consumidores vão mudando. Eles serão capazes de aplicar as competências que possuem para pivotar rapidamente e trazer mais ideias e soluções inovadoras com mais rapidez. Nem todos se tornarão um grande sucesso, mas o importante é dar às pessoas as ferramentas de que precisam e capacitação para usá-las.

Adicionando “co” a colaboração

A Unilever, empresa global de bens de consumo, está aprimorando a qualificação de seus milhares de seus empregados, mas entende que isso é apenas o começo.

  • A empresa abriu cerca de dez “centros digitais” para reunir pessoas de diferentes disciplinas trabalhando juntas para encontrar novos clientes para seus produtos.
  • Os centros reúnem analistas para estudar dados sobre características e tendências do consumidor, criadores de conteúdo, profissionais de marketing para monitorar o desempenho e especialistas em privacidade de dados para verificar a segurança.
  • Um programa de mentoria reversa reúne mais empregados juniores para atuar como guias digitais de líderes seniores.

Combinadas, essas iniciativas constituem um foco importante em aprendizagem e experimentação para a empresa de 90 anos e permitiram que a Unilever se adaptasse rapidamente em 2020.

“A mudança começa com os empregados: como eles colaboram, como eles adotam e se adaptam a diferentes processos e como enfrentam novos desafios.”

Executivo de Finanças, Private Equity, Turquia

Nestlé

O que é mais doce do que o sucesso do empregado? Ideias
A contribuição e a inovação dos empregados têm um impacto direto na experiência do cliente. Esse é um dos motivos pelos quais a gigante de alimentos e bebidas Nestlé lançou o InGenius, um acelerador de inovação voltado para empregados. O InGenius incentiva os empregados a compartilhar ideias por meio de uma plataforma de colaboração coletiva na qual outros empregados podem votar e se juntar a equipes internas para ajudar a transformar essas sugestões em realidade. As inovações mais populares passam por um painel de especialistas e são aceleradas por meio de incubação, cases de negócios e apresentações para captação de fundos.


Mudança de cultura para compartilhar mais
E para impulsionar ainda mais o engajamento dos empregados, aumentando a colaboração, a Nestlé apostou tudo no Workplace by Facebook. A empresa diz que a ferramenta fez a diferença em sua cultura de trabalho e ajudou os empregados a compartilhar informações com facilidade e ter mais motivação para se envolver.

Digitalmente habilidosos – e habilitados
Transcendentes cultivam uma força de trabalho profundamente engajada com o digital


Digitally savvy — and empowered

A recompensa para os Transcendentes

200%

mais propensos a atrair e manter os melhores talentos

89%

não enfrentam resistência de seu pessoal em relação aos esforços digitais

Contatos

David Morrell

Sócio, PwC Brasil

Tel: +55 (11) 3674 2000