Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse

A PwC está monitorando as opiniões e prioridades de líderes financeiros de empresas de todo o mundo em uma pesquisa contínua sobre os impactos da pandemia de Covid-19. A quarta edição do estudo reflete as visões de 867 CFOs de 24 países. O Brasil participou do levantamento pela primeira vez, com 30 entrevistados, em 20 de abril. Também contribuiu com 11 participantes na nesta quarta edição, em 4 de maio.
 

Como os líderes financeiros estão respondendo à crise do coronavírus

Depois de colocarem em prática seus planos de resposta para abordar preocupações imediatas – como a saúde e o bem-estar dos empregados – as organizações avaliam adotar ações para garantir sua sobrevivência e estabilizar as operações. A maioria dos CFOs brasileiros teme um impacto significativo da Covid-19 em seus negócios, espera uma diminuição de receita este ano e pretende adotar medidas de contenção de custos.

Principais resultados

  • 45% dos brasileiros dizem que seus negócios poderiam retornar ao normal em até três meses se a pandemia de coronavírus terminasse hoje; 73% temem um impacto significativo da Covid-19 em suas operações.
  • 91% esperam diminuição de receita este ano, enquanto 82% planejam implementar contenção de custos.
  • 55% acreditam que precisarão fazer demissões, em uma tendência mais forte que a registrada no mundo (29%).

Líderes brasileiros estão mais apreensivos com os impactos sobre as operações

A possibilidade de impacto significativo da Covid-19 nas operações comerciais é motivo de grande preocupação para 73% dos CFOs brasileiros (70% no mundo). Ao todo, 91% dos líderes brasileiros e 85% dos globais esperam redução de receitas ou lucros no ano. Na primeira edição da pesquisa no Brasil, em 20 de abril, 77% dos participantes brasileiros fizeram previsão semelhante.

Que impacto você espera na receita e/ou no lucro da sua empresa este ano como resultado da Covid-19?
Que impacto você espera na receita e/ou no lucro da sua empresa este ano como resultado da Covid-19?

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Investimentos estão em risco, mas não na transformação digital

No Brasil, 82% dos participantes avaliam conter custos em resposta à crise, um resultado pouco abaixo do registrado no ciclo anterior da pesquisa (87%). Além disso, 64% pretendem adiar ou cancelar investimentos, principalmente em CapEx. Apenas 18%, porém, avaliam mudar sua estratégia de fusões e aquisições.

Relativamente poucos CFOs (14% no Brasil e 16% no mundo) planejam adiar ou cancelar investimentos em transformação digital. Esse resultado é compreensível, já que a tecnologia terá papel essencial nos últimos estágios da resposta à crise – especialmente para acelerar a automação ou permitir novas formas de trabalho, facilitar o rastreamento de contatos para garantir a segurança dos empregados e integrar melhor as cadeias de suprimentos. 

Quais dos seguintes tipos de investimento estão sendo analisados para postergação ou cancelamento? (selecione todas as opções aplicáveis)

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)


Como a Covid-19 está afetando sua estratégia de M&A?

Global

Difícil avaliar no momento
%
Não alterou
%
Diminuiu o apetite
%
Aumentou o apetite
%

Brasil

Difícil avaliar no momento
%
Não alterou
%
Diminuiu o apetite
%
Aumentou o apetite
%

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Perspectiva de volta à normalidade

Para 45% dos líderes financeiros no Brasil (42% dos globais) suas organizações poderiam retomar a normalidade dos negócios em até três meses se a crise terminasse hoje. Esse número foi apenas um pouco menor do que em nossa pesquisa prévia com entrevistados brasileiros (50%).

Se a Covid-19 terminasse hoje, quanto tempo você estima que sua empresa levaria para retomar a normalidade dos negócios?

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Mais da metade dos CFOs brasileiros acreditam que precisarão demitir

Quando perguntados sobre as expectativas para o cenário no próximo mês, 64% dos líderes financeiros no Brasil disseram esperar mudanças de pessoal (como licenças temporárias) devido à baixa demanda. Além disso, 55% acreditam que precisarão fazer demissões, em uma tendência mais forte que a registrada no mundo (29%). A perda de produtividade causada pela falta de recursos de trabalho remoto é apontada como um problema por 45% dos brasileiros, em comparação com 33% no mundo.

Como resultado da Covid-19, quais das seguintes opções sua empresa espera que ocorram no próximo mês? (selecione todas as aplicáveis)

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

O local de trabalho reinventado para um novo normal

Para reabrir escritórios, fábricas e outros locais de trabalho, as empresas precisam definir a melhor forma de proteger empregados e clientes. Na nova pesquisa (4 de maio), três medidas tiveram um aumento expressivo entre os CFOs brasileiros em relação à pesquisa anterior: reconfigurar locais de trabalho para promover o distanciamento físico (82%), acelerar a automação e novas formas de trabalho (73%) e avaliar novas ferramentas para oferecer suporte ao monitoramento da localização da força de trabalho e rastreamento de contatos (55%).

Quais das alternativas a seguir sua empresa planeja adotar quando começar a retomar o trabalho em suas instalações? (selecione todas as aplicáveis)

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Recessão está no topo das preocupações

No Brasil e no mundo, as maiores preocupações dos CFOs com a pandemia da Covid-19 são a possibilidade de recessão iminente, o impacto financeiro da crise em suas operações e a queda no consumo.

Quais são as suas três maiores preocupações em relação à Covid-19?

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

A cadeia de suprimentos pós-crise: mais opções, transparência e gestão de riscos

Em 20 de abril, mais da metade dos CFOs brasileiros disseram que iriam priorizar o desenvolvimento de opções alternativas de suprimentos (57%) e entender a saúde financeira e operacional de seus fornecedores (53%). No entanto, em 4 de maio, entender a saúde financeira e operacional dos fornecedores (64%), alterar os termos contratuais (64%) e desenvolver opções alternativas de suprimentos (55%) foram as principais mudanças mencionadas pelos CFOs.

Como resultado da Covid-19, em quais das seguintes áreas você planeja mudar a estratégia da cadeia de suprimentos? (selecione as 3 mais urgentes)

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 20/4/2020 | Base: 871 (Global) / 30 (Brasil) | Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Comunicação aos acionistas

Quase metade dos CFOs planeja incluir discussões sobre os impactos da Covid-19 nas demonstrações financeiras (47%) ou em relatórios de riscos (43%).

Em que seções de seus próximos relatórios externos você espera incluir uma discussão sobre a Covid-19?

Demonstrações financeiras (incluindo notas de rodapé)

Brasil   
%
Global 
%

Relatórios de riscos

Brasil   
%
Global 
%

Diulgação de resultados

Brasil   
%
Global 
%

Relatório da administração (MD&A) - Resultados operacionais

Brasil   
%
Global 
%

Difícil avaliar no momento

Brasil   
%
Global 
%

Não esperamos incluir uma discussão sobre a Covid-19 nos próximos relatórios externos

Brasil   
%
Global 
%

Relatório da administração (MD&A) - Liquidez

Brasil   
%
Global 
%

Outras

Brasil   
%
Global 
%

Fonte: Pesquisa PwC Covid-19 CFO Pulse, 04/05/2020 | Base: 867 (Global) / 11 (Brasil)

Fábio Cajazeira

Sócio, São Paulo, PwC Brasil

+55 (11) 3674 2000

Email

Lindomar Schmoller

Sócio, São Paulo, PwC Brasil

+55 (11) 3674 2000

Email

Siga-nos