Covid-19: impactos no agronegócio brasileiro

Com a pandemia da Covid-19, alguns países estão se fechando ao mercado internacional. Isso pode impactar a oferta em segmentos do agronegócio brasileiro que dependem de importações. Ao mesmo tempo, a crise pode levar a uma recessão e reduzir a renda da população, afetando consequentemente a demanda. Sabemos que as adaptações necessárias para enfrentar os impactos econômicos do novo coronavírus tendem a elevar custos, mas a valorização do dólar frente ao real deverá favorecer as exportações, impulsionando as receitas.

Esses e outros impactos da Covid-19 no agronegócio brasileiro são o foco de um relatório sobre o tema elaborado pela PwC Brasil. A publicação aborda diversas questões importantes para as empresas do setor, como a implantação de planos de contingência para mão de obra, a mudança na forma de trabalhar com terceiros e o relacionamento com clientes, fornecedores e partes interessadas durante a crise.

O estudo apresenta as três ondas de resposta à crise com suas especificidades e uma lista de ações sugeridas para as empresas do agronegócio brasileiro enfrentarem os impactos da pandemia no setor.

Covid-19: impactos no agronegócio brasileiro

Contatos

Maurício Moraes

Maurício Moraes

Sócio e líder do setor de Agribusiness, PwC Brasil

Tel: +55 (16) 3516 6600

Siga-nos