O futuro da indústria agroalimentar

Quatro cenários possíveis para o setor

Publicação agroalimentar

Como muitos outros setores do mercado, a indústria agroalimentar está enfrentando algumas mudanças importantes. Por exemplo: que impactos as mudanças climáticas e a crescente escassez de recursos naturais têm sobre a agricultura e a pecuária? E a tecnologia pode ajudar a resolver os problemas? De que forma as necessidades globais dos consumidores mudarão nos próximos dez anos e o que isso significará para a cadeia alimentar?

Na publicação Futures of food provision, examinamos as possíveis mudanças na indústria agroalimentar com base em quatro cenários. Eles se baseiam na visão de mais de 20 stakeholders sobre disrupções na indústria agroalimentar europeia.

Veja abaixo mais informações sobre os quatro cenários e as oportunidades e ameaças correspondentes. Você também pode baixar a publicação.

Os quatro cenários

1. Alimentos para todos

A dieta ocidental de carne, grãos, leite e refrigerantes é adotada globalmente. A produtividade aumenta com o uso da tecnologia agrícola e da agricultura inteligente e de precisão, fornecendo alimentos em abundância à população global e reduzindo preços. Haverá uma enxurrada de aquisições sem precedentes, impulsionando a consolidação na indústria agroalimentar.

2. Diversificação do campo

Alimentos orgânicos, sustentáveis e saudáveis ganham participação de mercado, impulsionados por varejistas e pela geração do milênio em todo o mundo. As empresas agroalimentares utilizam novas tecnologias, como a agricultura inteligente e indoor, para produzir alimentos orgânicos, sustentáveis e saudáveis em quantidade suficiente para alimentar a população global.

4. Renacionalização

O suprimento é altamente volátil devido às mudanças climáticas e à escassez de recursos. A competição por alimentos aumenta à medida que a maioria da população demanda comidas ricas em proteínas e calorias. Os produtores em muitos países mais pobres tornam-se empresas estatais ou quase estatais. Em outros países, o controle do abastecimento se concentra nas mãos de alguns conglomerados poderosos, em um cenário no qual a economia de escala e a agilidade para se adaptar às pressões ambientais em constante mudança são fundamentais.

3. Produção em dois níveis

Neste cenário, os consumidores em todo o mundo têm interesse em alimentos orgânicos, sustentáveis e saudáveis. Mas, à medida que as mudanças climáticas e a escassez de recursos afetam o suprimento global, os preços sobem. Para aqueles que podem pagar, a microprodução vai predominar, com o uso de alimentos saudáveis de fontes locais, a exploração de nichos e soluções de cultivos próprios. Para todos os outros, a alimentação será básica. A indústria agroalimentar será altamente diferenciada, com várias grandes multinacionais e muitos players locais e de nicho.

Os negócios na indústria de agroalimentos podem ser afetados de forma diferente por esses cenários. Novas oportunidades surgirão e outras situações podem se mostrar desafiadoras. As empresas do setor conseguem sobreviver e prosperar nesses cenários futuros? Elas precisarão de uma estratégia coerente que alinhe o posicionamento no mercado externo e as capacidades internas.

Contatos

Maurício Moraes

Maurício Moraes

Sócio e líder do setor de Agribusiness, PwC Brasil

Tel: +55 (16) 3516 6600

Siga-nos