Skip to content Skip to footer
Search
br

Loading Results

Revolução na gestão de patrimônio e ativos: o poder de moldar o futuro

Controlando mais de US$ 110 trilhões, a indústria de gestão de patrimônio e ativos tem poder de influência incomparável na criação de um futuro melhor para investidores, acionistas, a economia e a sociedade em geral.

O ano de 2020 foi tumultuado para a sociedade, a economia global e a gestão de patrimônio e ativos. Após anos de crescimento constante, a base de ativos do setor foi afetada por movimentos rápidos do mercado financeiro. E a volatilidade provavelmente será uma característica por algum tempo.

Mesmo quando as vacinas e os tratamentos nos ajudarem a erradicar a Covid-19, não voltaremos ao mundo como ele era antes. Momentos de inflexão, como o atual, são uma oportunidade para líderes de gestão de patrimônio e ativos. Com US$ 110 trilhões em ativos sob gestão direcionados às prioridades ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês), eles têm literalmente o poder de mudar o mundo. Por conta própria e em parceria com os principais stakeholders, incluindo governos e empresas de gestão de portfólio, eles podem fazer a diferença em relação a três das prioridades mais críticas do mundo atual e usar esse poder para moldar o futuro:

  • Financiar o futuro: as empresas de gestão de patrimônio e ativos podem canalizar capital e se concentrar em oportunidades de investimento para tirar as economias da recessão e manter retornos elevados de fundos.
  • Garantir o futuro: Ao gerar retornos ajustados a riscos, as empresas podem ajudar as pessoas a cumprir suas metas de poupança e eliminar os déficits previdenciários diante de questões como fragilidade econômica, taxas de juros muito baixas e restrições nos orçamentos governamentais para saúde e bem-estar.
  • Adotar o ESG como futuro: Para alguns investidores, o retorno financeiro continuará sendo a única prioridade. No entanto, um número crescente de investidores espera que as organizações de gestão de patrimônio e ativos tornem as questões ambientais, sociais e de governança (ESG) essenciais em suas estratégias de investimento. Essa mudança já está tendo um impacto revolucionário na concepção de produtos, alocação de fundos e objetivos de desempenho.

Como líder de gestão de patrimônio e ativos, seu desafio central é ser parte importante da solução e, ao mesmo tempo, cumprir sua obrigação fiduciária de otimizar retornos. Muitos investidores não aceitarão mais trade-off entre essas alternativas. Neste relatório, usamos o framework 4R como uma nova forma de pensar sobre o futuro do seu negócio: repensar, reparar, reconfigurar e relatar.

 

Uma nova maneira de pensar o futuro do seu negócio

Ao refletir sobre o futuro, é útil ter uma forma estruturada de pensar sua organização, sua plataforma operacional e seu negócio em geral. Como parte de nosso projeto Futuro das Indústrias, estabelecemos na PwC quatro principais categorias e áreas focais a serem consideradas na preparação para o futuro.

 

Repense o futuro

A gestão de patrimônio e ativos pode acelerar a recuperação financiando o futuro, pode salvaguardar o futuro apoiando-o e pode mudar o futuro para melhor adotando o ESG. O modo de fazer isso, porém, envolve questões não apenas sobre estratégia de investimento, mas também sobre o propósito do seu negócio. Para responder a essas questões, você precisa de uma visão completa do cenário de investimentos em constante mutação.

                                     
                          

  • Financie o futuro
  • Garanta o futuro
  • Adote o ESG como futuro

Repare o que não está funcionando no momento

A crise operacional e a turbulência do mercado no ano passado expuseram os pontos fracos das empresas de gestão de patrimônio e ativos, como ineficiências de custo e a falta de engajamento digital e de relatórios em tempo real. A primeira tarefa para cumprir o que foi definido na fase de repensar será corrigir esses problemas.


    

Recomendamos cinco correções principais para estabelecer uma base sólida para o futuro:

  •  Calibre rapidamente sua relação com os clientes
  • Aumente a conectividade digital
  • Elimine o legado
  • Racionalize os portfólios
  • Terceirize suas operações não essenciais

Reconfigure o que for preciso para seguir em frente

As correções básicas só podem levar você a um nível básico de competitividade. Para alcançar seus novos objetivos no longo prazo, é preciso reconfigurar a filosofia de investimento, a execução dos investimentos e as competências relevantes.




  • Alinhe sua filosofia de investimento
  • Confirme se você tem a escala e o foco necessários
  • Envolva-se com um ecossistema mais amplo
  • Digitalize o modelo operacional que você pretende adotar
  • Prepare sua força de trabalho para novas demandas

Aposte em relatórios para restabelecer a confiança

Tudo o que você realiza ao repensar, reparar e reconfigurar pode ser ampliado por meio de relatórios. Comunicar não é apenas uma oportunidade de fortalecer o engajamento e a confiança de clientes, acionistas e até mesmo de entidades governamentais, mas também de definir um padrão no mercado.


 

  • Relacione-se com a sociedade e demonstre seu propósito
  • Relacione -se com os reguladores
  • Relacione-se com clientes, acionistas e sócios com responsabilidade limitada

Seu momento decisivo

Em um mundo que enfrenta incertezas e turbulências, a gestão de patrimônio e ativos pode ser um poderoso motor de recuperação e uma força para o bem. Financiar o futuro, possibilitar o futuro e adotar o ESG como futuro são essenciais para isso.

Alinhar sua estratégia com as mudanças nas expectativas dos stakeholders cria uma oportunidade valiosa para impulsionar o crescimento em ativos sob gestão, assegurar novos mandatos e reposicionar seu negócio de acordo com as percepções do público. Acelerar a transformação digital e da força de trabalho ajudará a aumentar a produtividade e melhorar a experiência do cliente e, ao mesmo tempo, reduzir custos e fortalecer as margens.

As mudanças que você faz devem ser fundamentais, não superficiais. Adotar algumas soluções tecnológicas ou fazer apenas um aceno às demandas ESG dos investidores não será suficiente para sobreviver e prosperar em um setor no qual os pioneiros já está adotando essas mudanças e aproveitando as oportunidades que elas trazem.

Neste relatório, apresentamos nossa visão sobre o rumo que o setor deve tomar para acelerar a mudança. Agora, cabe a você aproveitar o extraordinário poder em suas mãos para melhorar vidas, meios de subsistência e futuros.

Contatos

Lindomar Schmoller

Lindomar Schmoller

Sócio e líder de Serviços Financeiros, PwC Brasil

Tel: +55 (11) 3674 2000

Siga-nos