Fusões e aquisições têm redução de 13% no Brasil em janeiro de 2018

Start adding items to your reading lists:
or
Save this item to:
This item has been saved to your reading list.

Foram 47 negócios confirmados, contra 54 no mesmo período do ano anterior

 

O mês de janeiro registrou diminuição no volume de fusões e aquisições no Brasil, com 47 transações anunciadas, número 13% menor na comparação com o total transacionado em janeiro de 2017 (54). Os dados pertencem ao relatório mensal de fusões e aquisições da PwC Brasil.

O setor de tecnologia da informação segue na liderança dos negócios anunciados em janeiro, com 11 transações, 23% do total transacionado e crescimento de 83% na comparação com janeiro de 2017 (6 transações). 

Na segunda posição dos negócios registrados está o setor financeiro, com 6 negócios anunciados e 13% de participação no total do mês. Em terceiro lugar, o setor alimentício aparece com 4 transações e 9% do total negociado em janeiro deste ano. 

 

Regiões

A região Sudeste iniciou o ano como preferência do investidor com 74% dos negócios anunciados (35 transações), um crescimento de 6% na participação da região em relação ao mesmo período de 2017. O total de transações de 2018, no entanto, é inferior em 5% ao volume de negócios de janeiro de 2017, quando 37 transações foram registradas. 

O estado de São Paulo foi responsável por 60% dos negócios de janeiro, com 28 transações (2017 - 29 transações), sendo 24 na capital e 4 no interior.  Já na região Sul foram efetuadas 4 negociações, quantidade 33% inferior ao mesmo período do ano passado (6 transações). As regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste registraram, cada uma, 2% dos negócios no país. 

 

Capital nacional x estrangeiro

Os investidores nacionais e estrangeiros empataram no volume total negociado em janeiro, com 50% das transações em aquisições e compras minoritárias. Com 20 negociações cada, os investimentos locais e de fora do país regrediram 23% e 13%, respectivamente, na comparação com o mesmo período do ano anterior. 

As aquisições de controle majoritário seguem como preferência de perfil de investimento com maior volume de negócios: 29 transações. Estados Unidos, Alemanha e França foram responsáveis por 67% do total de transações envolvendo capital estrangeiro. 

 

Private equity

Em janeiro de 2018, os investidores financeiros estiveram presentes em 8 transações, sendo 63% nacionais (5 transações) e 37% estrangeiras (3 transações). Esses números apresentam redução de 38% quando comparado ao mesmo período de 2017, que obteve 13 transações. Dessas, 54% foram realizadas por investidores nacionais e 46% por investidores estrangeiros.


 

Sobre a PwC

Na PwC, o nosso propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas complexos. Somos um Network de firmas presente em 158 territórios, com mais de 236.000 profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações. Saiba mais sobre a PwC e nos diga o que é importante para sua empresa ou carreira, visitando nosso site: www.pwc.com

© 2018 PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda. Todos os direitos reservados. Neste documento, “PwC” refere-se à PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda., firma membro do network da PricewaterhouseCoopers, ou conforme o contexto sugerir, ao próprio network. Cada firma membro da rede PwC constitui uma pessoa jurídica separada e independente. Para mais detalhes acerca do network PwC, acesse: www.pwc.com/structure.

Siga-nos