Skip to content Skip to footer
Search
br

Loading Results

Fusões e Aquisições no Brasil - Dezembro 2020

Com 1038 transações anunciadas, 2020 apresenta o maior volume histórico

No mês de dezembro foram anunciadas 129 transações, volume 13% superior ao mesmo mês de 2019 (114 transações).

No ano de 2020 foram anunciadas 1038 transações, um volume 48% superior à média do mesmo período dos últimos 5 anos (701 transações), com aumento de 14% em relação ao ano anterior (912 transações).

Em 2020 tivemos o recorde da série histórica (que havia sido alcançado em dezembro de 2019), reforçando uma tendência de recuperação acelerada do mercado de M&A, afetado fortemente pelos efeitos do COVID-19 entre abril e junho de 2020.

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Transações com valores divulgados

Top 10

Comprador Target  USD Bi
Telecom Italia / América Móvil / Telefónica S.A. Oi Móvel (Oi S.A.) 3,3
Stone Pagamentos S.A. Linx S.A. 1,2
Sonangol - Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola PT Ventures (Oi S.A.) 1
Hypera S.A. (Hypera Pharma)

18 Medicamentos da Takeda Pharmaceuticals

0,83
Ânima Educação Ativos da Laureate Education no Brasil 0,77
OLX Grupo Zap 0,65
Banco do Brasil S.A. Carteira de créditos do Banco Votorantim 0,53
Daio Paper Corporation / Marubeni Corporation Santher - Fábrica de Papel Santa Therezinha S.A. 0,52
Neoenergia S.A. Companhia Energética de Brasília (CEB) 0,48
Carrefour S.A.

30 lojas do Makro Atacadista

0,45
  • 455 transações tiveram valor divulgado dentre as 1038 transações anunciadas em 2020.
  • As transações com valor anunciado totalizaram USD 26,4 bi queda de USD 37,4 bi do total divulgado em 2019 (USD 63,8 bi).
  • 44% em relação ao total, redução de 2 pontos percentuais se comparado à quantidade de transações com valores divulgados em 2019 (42%).

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Do total anunciado, 3 transações apresentaram valor de compra acima de USD 1 bilhão, totalizando USD 5,5 bilhões

As transações até USD 100 milhões representam 87% das 455 transações cujos valores foram divulgadas, sendo os maiores responsáveis pela alta de transações com valor aberto. Já as transações de médio porte, representam 13% das transações com valores divulgados.

Nota: Não inclui acordos.

Transações

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

A Região Sudeste representa 65% das transações anunciadas no ano de 2020

A Região Sudeste mantém 65% do interesse dos investidores nos negócios anunciados. Com 679 transações no ano de 2020, apresentou aumento de 19% em comparação ao ano anterior (2019 - 569 transações).

No mês de dezembro foram anunciadas 85 transações no Sudeste, 13% superior ao volume apresentado em dezembro de 2019 (75 transações).

O Estado de São Paulo concentra 50% das transações anunciadas neste ano, representadas por 521 transações (2019 - 466 transações), sendo 448 transações na região metropolitana de São Paulo e 73 transações em regiões do Interior de São Paulo.

Na Região Sul, foram anunciadas 168 transações, aumento de 24% em relação ao mesmo período de 2019 (135 transações).

Transações fora do Brasil representam 4% do volume anunciado em 2020, com 43 negócios (2019 - 53 transações).

Transações por região – acumulado de 2020

Nota: Não inclui acordos.

O setor de TI manteve na liderança em 2020, com 398 transações

Os 5 principais setores correspondem a 64% do total de
transações (com 663 transações) 

TI

398 transações, crescimento de 54% em relação ao ano de 2019 (com 258 transações) - 38% do total transacionado

Serviços Auxiliares

72 transações, redução de 1% em relação ao ano de 2019 (com 73 transações) - 7% do total transacionado

Serviços de Saúde

71 transações, crescimento de 25% em relação ao ano de 2019 (com 57 transações) - 7% do total transacionado

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Exemplos de transações – Top 5 setores anual

  • A Locaweb, empresa brasileira de hospedagem de sites, anunciou a aquisição da Ideris, hub de integração de marketplace curitibana, por R$ 18,3 milhões;
  • A QuintoAndar, plataforma de aluguel residencial, realizou a aquisição da brasileira SindicoNet, plataforma de serviços e conteúdo condominial, sem valores anunciados.
  • A Kinea, gestora brasileira de investimentos, realizou uma compra minoritária de valor não revelado da Verzani & Sandrini, companhia brasileira de serviços de limpeza e segurança;
  • O Grupo Marquise, conglomerado brasileiro, realizou a aquisição da CTR Bahia, companhia de gestão de resíduos de Bahia, sem valores anunciados.
  • A NotreDame Intermédica, brasileira de saúde, anunciou a aquisição do Hospital Lifecenter em Belo Horizonte (MG), pelo valor de R$ 240 milhões;
  • A Oncoclínicas, grupo médico privado de oncologia, recebeu o aval do CADE para a aquisição do Hospital Vila da Serra, de Belo Horizonte (MG), sem valores anunciados.
  • A ISA CTEEP, concessionária brasileira de transmissão elétrica, realizou a aquisição da Piratininga-Bandeirantes Transmissora de Energia (PBTE), pelo valor de R$ 1,59 bilhão;
  • A BR Distribuidora anunciou a aquisição de 70% da Targus Energia, comercializadora do mercado livre, pelo valor de R$ 62,1 milhões.
  • A Faros Investimentos, corretora plugada à XP Investimentos, anunciou a fusão com a Private Investimentos, do mesmo segmento;
  • A Empresta, financeira de crédito consignado brasileira, realizou a aquisição da YPY Soluções, mineira do mesmo segmento, sem valores anunciados.

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Exemplos de transações – Top 5 setores de Dezembro – 2020

A Totvs, desenvolvedora de sistemas EPR, anunciou a aquisição da Tail Target TI, companhia brasileira de inteligência de dados baseado em comportamento de clientes na internet, pelo valor de R$ 12 milhões.

A DASA, companhia brasileira de medicina diagnóstica, anunciou a aquisição do Hospital Leforte, pelo valor de R$ 1,7 bilhão.

A Alper, corretora de seguros brasileira, realizou a aquisição da Next Marka, corretora de seguros de Porto Alegre (RS), pelo valor de R$ 22,86 milhões.

A BR Angels Smart Network, grupo de investidores-anjo, realizou um aporte de valor não revelado na Home Agent, contact center baseado em home office.

A Light anunciou a venda de 51% de sua participação na Lightger, companhia que opera a PCH Paracambi, no Rio de Janeiro, pelo valor de R$ 88,7 milhões.

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

As transações envolvendo investidores nacionais correspondendo a 78% das aquisições e compras minoritárias, apresentou uma máxima histórica para o ano de 2020

O ano de 2020 apresentou um crescimento de 31% do interesse de investidores nacionais (com 772 transações), se comparado ao ano de 2019, quando os investidores nacionais concretizaram 589 transações. Neste contexto, as transações envolvendo investidores nacionais representam 78% do total de aquisições e compras anunciadas.

Com 221 transações realizadas em 2020, os investidores estrangeiros regrediram 19% em relação a 2019, quando realizaram 273 transações.

Nota¹: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.
Nota²: Não inclui Joint-Ventures, fusões e cisões

As aquisições de controle majoritário representam 60% do transacionado em dezembro

Perfil de Transação Volume de transações Variação (%) 
  2020 2019 2019-2020
Aquisições 595 526 13%
Compras 398 336 18%
Joint Ventures 11 28 -61%
Fusão 30 13 131%
Incorporação 4 8 -50%
Cisão 0 1 -

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Estados Unidos, França e Canadá foram responsáveis por 46% do total de transações envolvendo capital estrangeiro

O ano de 2020 conta com o anúncio de 225 transações envolvendo capital estrangeiro, volume 23% inferior ao mesmo período em 2019 (292 transações).

Em dezembro foram anunciadas 16 transações realizadas por capital estrangeiro, redução de 50% em comparação ao mesmo mês do ano anterior (2019 - 32 transações).

A origem do investimento estrangeiro em 2020 foi principalmente dos seguintes países:

  • EUA: com 32% do total das transações - 71 transações, volume 25% inferior em comparação ao ano anterior (2019 - 95 transações);
  • França: com 7% do total - 16 transações (2019 - 16 transações);
  • Canadá: com 7% do total - 15 transações (2019 - 12 transações).

EUA, França e Canadá - 46% de interesse em ativos brasileiros do total de transações estrangeiras

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Privatizações e concessões

Privatizações e concessões representam 24 transações no ano de 2020, 54% menor se comparado com o ano de 2019 (52 transações).

No mês de dezembro de 2020, foram registradas 4 transações de privatização, volume inferior ao que foi apresentado em dezembro de 2019 (12 transações).

As transações de capital nacional representam 83% do total (20 transações), enquanto que os investidores de capital estrangeiro representam os 17% restante (4 transações).

Dentre as transações de serviços públicos estão incluídas infraestrutura energética, concessões de portos, aeroportos, rodovias, ferrovias e transporte urbano.

Exemplos - 2020

  • A Neoenergia, companhia de energia elétrica, venceu o leilão de privatização da Companhia Energética de Brasília (CEB), distribuidora de energia, com um lance de 2,5 bilhões;
  • A 3R Petroleum, através de sua subsidiária Ouro Preto Energia Onshore, adquiriu da Petrobrás 14 campos terrestres de exploração e produção, denominados de Polo Recôncavo, no estado da Bahia, pelo valor de USD 250 milhões;
  • A Concessionária Voe Xap, do Grupo Socicam, assinou um contrato de concessão da operação do aeroporto de Chapecó (SC), por 30 anos.

Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Private Equity

Com o encerramento de 2020 os investidores financeiros estiveram presentes em 283 transações, aumento de 26% quando comparado ao ano passado (2019 - 225 transações). Dos quais 73% são investidores nacionais (207 transações) e 27% são investidores estrangeiros (76 transações) em 2020.

No mês de dezembro de 2020, os investidores financeiros estiveram presentes em 23 transações, redução de 4% em relação ao mesmo mês de 2019 (24 transações), sendo 87% investidores nacionais (20 transações) e 13% investidores estrangeiros (3 transações).

Das 24 transações anunciadas em dezembro de 2019, 71% foram compostas por investidores nacionais e 29% por estrangeiros.


Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Transações selecionadas de dezembro 2020

  • O Temasek, fundo soberano de Singapura, realizou um aporte no valor de USD 20 milhões na brasileira Conductor, plataforma de processamento de pagamentos;
  • O Grupo CCRR realizou a aquisição da marca brasileira Pimaco de autoadesivos, pertencente à francesa BIC, pelo valor de R$ 40 milhões;
  • A Ser Educacional, exerceu sua opção de compra em dois ativos da Ânima Educação, a Sociedade Paraibana de Educação Cultural (ASPEC) e a Sociedade Capibaribe de Educação e Cultura (SOCEC), mantenedoras de faculdades, pelo valor de R$ 180 milhões;
  • A Fuse Capital, gestora carioca, realizou um aporte no valor de R$ 2 milhões na AIO, plataforma que usa inteligência artificial para trilha de aprendizado personalizada a candidatos do ENEM;
  • A Magazine Luiza, rede de varejo brasileira, anunciou a aquisição da Hub Fintech, companha de contas digitais e cartões pré-pagos, pelo valor de R$ 290 milhões;
  • O grupo Fleury, de medicina diagnóstica, anunciou a aquisição do Centro de Infusões Pacaembu (CIP), clínica de terapia infusional para tratamento de doenças autoimunes, sem valores anunciados.
  • A startup Olist, anunciou a aquisição da Clickspace startup de soluções para marketplace e comércio por redes sociais, sem valores anunciados;
  • A Hypera Ventures, fundo da farmacêutica Hypera Pharma, realizou a aquisição de controle majoritário na startup catarinense Simple Organic Beauty, de dermocosméticos e maquiagens naturais, sem valores anunciados;
  • A OdontoPrev, companhia de plano odontológico, anunciou a incorporação da Rede Dental, sociedade da qual tem controle;
  • A Mondial, companhia brasileira de eletroportáteis, realizou a aquisição da fábrica da japonesa Sony no estado do Amazonas, onde são produzidos televisores, forno de micro-ondas e aparelho de ar condicionado, sem valores anunciados;
  • A Modalmais, plataforma digital do banco modal, anunciou a aquisição da Investir Juntos, plataforma de educação financeira, sem valores anunciados;
  • A LGT Lightstone, gestora de investimentos do Reino Unido, liderou um aporte no valor de USD 255 milhões na Creditas, plataforma digital de créditos com garantia. O japonês Softbank e a argentina Kaszek Ventures também fizeram parte do aporte.


Casos selecionados; não é uma lista exaustiva. Não representa necessariamente as maiores transações anunciadas, mas uma abordagem combinada de relevância e tamanho da operação anunciada. Algumas transações sujeitas a análise e aprovação por parte de órgãos reguladores.
Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

 

Transações selecionadas de janeiro a novembro 2020

  • A Senior Sistemas, desenvolvedora brasileira de softwares para gestão corporativa, anunciou a aquisição de uma carteira de 80 clientes do segmento de construção da Next Brasil, companhia de ERP de Goiânia (GO). Sem valores anunciados;
  • A Pet Care, rede brasileira de clínicas veterinárias subsidiária da norte-americana VCA, anunciou a aquisição da TECSA, laboratório veterinário de Belo Horizonte (MG), sem valores anunciados;
  • A Monashees Capital, fundo brasileiro, e a americana Qualcomm Ventures, realizaram um aporte no valor não revelado na Azion, companhia gaúcha que oferece plataforma de Edge Computing;
  • A D1, startup do Bradesco de comunicação e atendimento ao cliente por meio de inteligência artificial, anunciou a aquisição da Smarkio, pelo valor de R$ 85 milhões;
  • A empresa brasileira GBPK Investimentos, controladora da Santista Brasil, realizou a aquisição da Santista Argentina, até então pertencente à Siete Leguas, sem valores anunciados;
  • A Stefanini, companhia de consultoria digital e soluções de negócios baseadas em tecnologia, realizou a aquisição de 60% da empresa romena Cyber Smart Defense, de ciberssegurança.
  • A Farallon, gestora de fundos de investimento norte-americana, realizou a aquisição de uma fábrica de cimentos do Grupo Elizabeth na Paraíba, pelo valor aproximado de R$ 1 bilhão;
  • A Gafisa, construtora e incorporadora brasileira, anunciou a aquisição de alguns ativos imobiliários em diferentes fases de desenvolvimento da construtora Calçada, no Rio de Janeiro, sem valores anunciados;
  • O Grupo Sabin e investidores privados realizaram um aporte no valor de R$ 25 milhões na Amparo Saúde, rede brasileira de clínicas de atendimento primário, medicina da família e telemedicina;
  • A Accenture, empresa irlandesa de consultoria e outsourcing, anunciou a aquisição da Organize Cloud Labs, empresa brasileira de automação de processos e desenvolvimento de aplicações, sem valores anunciados;
  • O Banco BTG Pactual, banco brasileiro, realizou a compra minoritária de 49% do EQI Investimentos, escritório brasileiro de agentes autônomos de investimento, sem valores anunciados;
  • A Brasil Pet, rede de petshops e clínicas veterinárias, e a Pet Booking, plataforma de agendamento de serviços da indústria pet, anunciaram a fusão de suas operações.

Casos selecionados; não é uma lista exaustiva. Não representa necessariamente as maiores transações anunciadas, mas uma abordagem combinada de relevância e tamanho da operação anunciada. Algumas transações sujeitas a análise e aprovação por parte de órgãos reguladores. 
Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Transações selecionadas de janeiro a novembro 2020

  • A Vero Internet, provedora de internet controlada pela Vinci Partners, anunciou a aquisição da MKA Telecom, provedora de Santa Catarina, sem valores anunciados;
  • A Agora Telecom, empresa brasileira de soluções em telecomunicações, anunciou a aquisição da Fit Network, empresa brasileira de soluções de videomonitoramento, conectividade e comunicação, pelo valor de USD 1 milhão;
  • A Canary, gestora brasileira de investimentos, realizou um aporte no valor de R$ 3,2 milhões na Clarke Energia, startup brasileira de gerenciamento de energia para pequenas e médias empresas;
  • A Seidor, empresa espanhola de serviços e soluções SAP, realizou a aquisição da brasileira Exakta, que atua com soluções SAP para recursos humanos, sem valores anunciados;
  • A Pomartec, agtech de fruticultura de precisão de Porto Alegre (RS), recebeu um aporte no valor de R$ 687 milhões na CapTable, plataforma de crowdfunding da Startse;
  • A Gateware, empresa brasileira de soluções e consultoria tecnológica, anunciou a aquisição da Bexpo, empresa de Curitiba (PR), que desenvolve soluções voltadas para o mercado de previdência. 
  • A Sinch, empresa sueca de soluções de telecomunicações em nuvem, anunciou a aquisição da Wavy, empresa brasileira de soluções de mensagem e CRM pertencente à Movile, pelo valor de R$ 610 milhões;
  • A Sage, desenvolvedora de softwares do Reino Unido, anunciou a venda de suas operações no Brasil para o presidente da empresa no país, pelo valor de £ 10 milhões;
  • A JBS, processadora de carnes brasileira, anunciou a aquisiçao da norte-americana Empire Packing, que vende carne bovina e suína embalada, pelo valor de USD 238 milhões.;
  • A Pátria investimentos, gestora brasileira de fundos, anunciou a aquisição da Central Agrícola, do segmento de distribuição de insumos agrícolas em Rondônia, sem valores anunciados;
  • A Twillio, empresa norte-americana de comunicação na nuvem, anunciou a aquisição da Teravoz, startup brasileira do mesmo setor que oferece telefonia com gerenciamento via web, sem valores anunciados;
  • A Helbor, incorporadora brasileira, vendeu os empreendimentos imobiliários One Eleven (SP), The Cittyplex (SP) e Neolink Office, Mall & Stay (RJ), ao fundo imobiliário brasileiro Multi Renda Urbana, administrado pela BRL Trust, pelo valor de R$ 175 milhões.

Casos selecionados; não é uma lista exaustiva. Não representa necessariamente as maiores transações anunciadas, mas uma abordagem combinada de relevância e tamanho da operação anunciada. Algumas transações sujeitas a análise e aprovação por parte de órgãos reguladores. 
Nota: Transações divulgadas na imprensa. Não inclui acordos.

Glossário

Definições aplicadas neste relatório na categorização de uma transação

Quanto ao tipo de transação:

Aquisição de participações controladoras •são aquelas em que o comprador obtém, na transação, o controle da empresa. Enquadram-se nesta categoria as transações de compra de 100% das ações, de uma participação majoritária (maior do que 50%, mesmo que por apenas uma ação), participações adicionais que transferem o controle para o comprador (por exemplo, um acionista que já possui 30% ao comprar uma participação adicional de 21%), ou qualquer outra transação em que fique explícito que o controle foi transferido para o comprador. 

Compra de participações não-controladoras •são aquelas em que o controle da empresa não é transferido junto com as ações - tipicamente, são transações menores do que 50% do capital.

Fusão é quando duas empresas juntam suas operações e deixam de existir isoladamente, dando origem a uma terceira nova empresa. 

Joint venture caracteriza-se por ser um empreendimento de dois ou mais sócios em uma nova empresa, sendo que os sócios continuam a existir com suas operações independentes. É diferente de um acordo comercial (uma representação, por exemplo), em que não existe a criação de uma nova empresa.

Incorporação acontece quando uma empresa absorve as operações de outra, que deixa de existir.

Cisão é o tipo de transação em que uma empresa é dividida, surgindo daí uma outra empresa. É caso das empresas que querem separar os negócios em unidades independentes.

Quanto aos setores:

Serviços públicos abrangem empresas e concessões de infraestrutura e operação de eletricidade, portos, aeroportos, saneamento, limpeza pública, rodovias, estradas, ferrovias, transporte e quaisquer outros serviços de competência do poder público.

Serviços auxiliares incluem companhias de administração e participação, assessoria, publicidade e propaganda, marketing, serviços legais, serviços de limpeza, segurança, BPO, tratamento de afluentes, locação (geral), consultoria e laboratórios de análises químicas e ambiental, dentre outros.

Contatos

Leonardo  Dell'Oso

Leonardo Dell'Oso

Sócio e líder de Deals, PwC Brasil

Tel: +55 (11) 3674 2000

Siga-nos